sexta-feira, 3 de setembro de 2010





Ela repousa como uma coisa
Eu consigo sentir o grande e vasto vazio
da sua cabeça.
Mas ela está viva. Ela geme e
coça o nariz e
puxa o cobertor.
Em breve irei beijá-la boa noite
e iremos dormir.
e lá longe fica a Escócia
e debaixo de terra as
toupeiras correm.
Ouço motores na noite
e pelo céu uma mão
branca acena:
boa noite, amor, boa noite.

[Bukowski]

8 comentários:

  1. Belo...
    Que bom seria se em todo cair da noite alguém viesse nos dar um beijo de boa noite...

    ResponderExcluir
  2. Um boa noite acompanhado com um beijo é o melhor que há :*

    ResponderExcluir
  3. Bela homenagem, seus gostos batem muito com os meus.
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  4. E ela dormiu achando que estava sonhando... E estava, só que sonhava acordada.

    Lindo o teu cantinho!
    Beijos!

    ResponderExcluir