sexta-feira, 12 de agosto de 2011



Não entendo. Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras. Sinto que sou muito mais completa quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. Não entender, mas não como um simples de espírito. O bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que não entendo.

[Clarice Lispector]

2 comentários:

  1. Olá!
    Gostaria de oferecer a vc um plugin encurtador de url para seu site, assim seus usuários não precisam sair de seu site para encurtar a URL que eles estão lendo, veja um exemplo no topo deste blog: http://febredanet.blogspot.com/

    O plugin esta em: http://jgo.cc/pages/passosPluginBlog.jsf

    o site original é http://jgo.cc

    Espero q goste da ideia...
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Lindo poema amei!Seguindo SEU BLOG
    Abraço.

    ResponderExcluir