quarta-feira, 9 de setembro de 2009



Se tu me amas,
ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,enfim,tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve,
e o amor mais breve ainda...


Mário Quintana

2 comentários:

  1. Esse faz parte da minha história! O li muitas vezes! Rsrsrs Beijos

    ResponderExcluir
  2. Passa tão rápido. Flávia ótima noite. Abraço.

    ResponderExcluir