sexta-feira, 30 de abril de 2010




‘Como se tivesse uma coisa que só acontecia entre ele e eu.
Uma coisa que era um pouco essa vontade minha de ficar olhando
sem parar pra ele? Podia ser essa vontade,
misturada com aquele medo’


[Caio F.]

5 comentários:

  1. [física e química da vida, só explicável dentro da palavra, sem abrigo, senão dentro da nossa mais interior explicação]

    um imenso abraço, Flávia

    Leonardo B.

    ResponderExcluir
  2. Uma coisa que sempre julgamos única, diferente e eterna... E de facto, assim é, enquanto dura.

    ResponderExcluir
  3. heey, tem selo pra você no meu blog *-*
    beijos :*

    ResponderExcluir
  4. Vontade e medo..
    juntos quase sempre!

    ResponderExcluir
  5. Era um pouco de medo e muita vontade!!!

    Beijos
    AL

    ResponderExcluir